quinta-feira, 15 de junho de 2017

Dinâmica do Abraço /Inteligência Emocional

Com ênfase no contato, no toque, na interação, do sair de si mesmo, do calor humano em fusão, dos benefícios do abraçar para as amarras se soltarem ou as dores amenizarem, o abraço é uma ferramenta que empodera, abre e fortalece o caminhar e o conviver.
Deixo aqui uma bela dinâmica que pode ser adaptada nos atendimentos psicopedagógicos, aplicada em grupos diversos e em sala de aula, pois potencializa principalmente a inteligência emocional.
                                                                         Bom proveito!

Materiais necessários:
· uma caixa decorada. 
 papeizinhos com números de 1 a 11
· cartões com os tipos de abraços e
· um aparelho de som e CD com músicas animadas

· TIPOS DE ABRAÇOS:
 
1. Abraço de urso – bem apertado, ergue o amigo do chão;

2. Abraço de lado – ficam os amigos lado a lado e se abraçam;

3. Abraço pelas costas – o amigo abraça o outro pelas costas;

4. Abraço do fundo do coração – é aquele com carinho;

5. Abraço zen – encostar as palmas das mãos um no outro;

6. Abraço sanduíche – escolher dois amigos e um fica no meio para o abraço;

7. Abraço grupal – todos os participantes se abraçam uns aos outros formando um grande círculo;

8. Abraço de rosto colado – encostar o rosto no amigo e abraçar;

9. Abraço clássico – abraçam-se normalmente;

10. Abraço relâmpago – um abraço rápido;


11. Toque extra – tapinhas nas costas


*Em grupos grandes, mais de vinte participantes, fazer a dinâmica de modo que o abraço que for sorteado seja realizado por todos do grupo. Ou seja, todos os participantes trocam entre si o abraço. 
*Já com um grupo menor a pessoa que sortear o abraço escolherá uma do grupo para abraçar.
*A dinâmica consiste em passar uma caixa de mão em mão, enquanto a música estiver tocando, quando parar a música a pessoa que estiver de posse da caixa pegará uma ficha numerada e o número que sair será escolhido o cartão com o tipo de abraço a ser dado pelo participante, e ou, participantes. 
*A dinâmica termina quando todos os cartões forem sorteados.

É interessante como a dinâmica torna-se divertida e voltada para os  valores de amizade e carinho que fazem tão bem para a nossa inteligência emocional.

Segue um texto que pode ser compartilhado e estudado no momento da dinâmica. 

domingo, 21 de maio de 2017

Aprendizagem depende do Processamento Sensorial em crianças sem e com Autismo.

Sistemas sensoriais precisam funcionar bem isoladamente para depois se integrarem e funcionarem perfeitamente para o cérebro responder adequadamente ou não em forma de comportamento e aprendizagem.
É a base de todo movimento comportamental e de aprendizado.
É muito pertinente e esclarecedor os vídeos aqui pesquisados e apresentados.
Informações bem práticas  esclarecedoras para pais, educadores e terapeutas.

sábado, 29 de abril de 2017

Práticas de Leitura

Favorecer o aprendizado de mundo. Suas imagens e conteúdos. Significados, ações e caminhos a seguir e experimentar.
No enfoque psicopedagógico, a leitura aproxima, agrega e estimula a imaginação, a construção da identidade pessoal e coletiva. Trabalha o simbólico, o concreto, o abstrato, a imaginação e principalmente a linguagem oral e escrita, o que favorece o aprendizado da escrita e da leitura no processo inicial de alfabetização.
Por isso, deixo aqui algumas dicas de algumas práticas que podem motivar e facilitar em âmbito familiar, educacional ou comunitário:
1- Clube do Livro:
**Pode ser criado com regras próprias e ter como sede, a biblioteca, uma praça, um quintal e a própria sala de aula.
O  Clube do LIVRO terá como objetivos: adquirir prazer pela leitura, estimular a imaginação, elaborar uma pesquisa científica, realizar uma análise crítica, ampliar o repertório linguístico,ampliar o repertório literário, imaginar uma sequência lógica , aprender sobre valores e etc.
**É preciso adquirir uma boa quantidade de livros, apropriados para a idade dos participantes, ou peça para cada um doar um livro. Outras fontes de escrita também podem ser utilizadas no Clube, como: jornais, revistas, gibis, bíblia e etc, pois quanto mais livros o Clube tiver, por mais tempo ele funcionará.
**O dia da troca dos livros deve ser definido previamente com leitores para que eles se organizem e formem hábito de leitura. Por exemplo: toda sexta-feira, de quinze em quinze dias, toda primeira semana do mês, ou todos os dias. O período de tempo de leitura é relativo. Ao definir o mesmo, é preciso  levar em conta o tamanho do livro. 
Se levarem para casa , é interessante pensar no tempo disponível que eles terão para ler (fim de semana?, recesso?, todas as tardes?), e definir uma data para entrega. 
**As regras de funcionamento  devem ser  claras e coladas no verso do livro ou no crachá do participante que poderá ter um cadastro com assinatura junto ao documento de entrega e devolução do material emprestado.
** Os livros poderão ser numerados  e encapados para conservar por mais tempo. (Fica a critério dos organizadores do Clube)
**Construir uma tabela ou documento próprio(caderno/pasta) com a lista dos nomes de todas as crianças que irão participar do Clube. 
**Inserir na tabela ou documento de registro  os números dos respectivos livros que serão entregues para cada criança, para manter o controle dos livros na hora da entrega.
2) Varal ou Quintal de Leitura
**Disponibilizar e permitir de modo semanal ou quinzenal, a exposição de materiais de leitura em varais chamativos e coloridos...
 
...ou em espaços maiores,lembrando belos quintais com mesas coloridas, estantes adaptadas, baús, tapetes, etc que sejam de fácil acesso e aconchegantes para ler.




3)Piquenique da Leitura:
**Combinar  quinzenalmente ou mensalmente e promover a organização de um ambiente propício que favoreça a atividade de leitura prazerosa (pátio da escola, praças, etc.), incluindo com os elementos próprios para compor um piquenique: toalhas coloridas,cesta de livros, cesta de lanche coletivo após leitura. HUMMM uma delícia em dose dupla!

      
Outras práticas simples de leitura, mas  que acomodem e encantem os leitores mirins, são essenciais para um despertar consciente e evolutivo de aprendizado seja no ambiente familiar ou educacional.
Promover é fundamental!

RESULTADO EM AÇÂO!



csp6961069

Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens,
pais e professores são a bússola para o caminho de
descobertas e aprendizagens significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)

"Somos diferentes, mas não queremos ser transformados em desiguais. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

(Peça de teatro: Vozes da Consciência,BH)

MotivAÇÃO FAZ BEM!

Hoje Acordei Para Vencer! A automensagem positiva logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer sua autoconfiança e, pensando positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos. Não deixe que nada afete seu estado de espírito. envolva-se pela música, cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo. ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. O bom humor é contagiante: espalhe-o. Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar. Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas e vazias. Cultive seu interior, extraia o máximo das pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas. Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da "missão cumprida". Lembre-se: nem todos têm a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas. Veja o lado positivo das coisas e assim você tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. Idealize um modelo de competência e faça sua auto-avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu tempo. Só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. Tire proveito de seus problemas e não se deixe abater por eles. Tenha fé e energia, acredite: Você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e feliz para permitir a presença de momentos infelizes. Não viva só para seu trabalho. Tenha outras atividades paralelas como: esportes, leitura... cultive amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. Finalmente, ria das coisas a sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida: "A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo". (Autor desconhecido)

Dicas de FAZER o BEM faz BEM!

“Ninguém e nada cresce sozinho. Sempre é preciso um olhar de apoio. Uma palavra de incentivo. Um gesto de compreensão. Uma atitude de segurança. Devemos, assim, sermos gratos. Aos que nos ajudaram a crescer. E termos o propósito de não parar. E não passar em vão pela vida”. (autor desconhecido)

Aprender no Coletivo!

"Quanto mais rica

a experiência humana,

tanto maior será

o material disponível

para a imaginação e

a criatividade".

(Lev S. Vygostsky)


Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e experiências
significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)


ATENDIMENTO PSICOPEDAGOGICO


Sou participante em...

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Salmo 16:8 -
(Com ELE, nos FORTALECEMOS!)

Selinhos Amigos e Parceiros neste BLOG! OBRIGADA!