quinta-feira, 11 de julho de 2013

Recesso Escolar-Dicas


Fishing Stars

“Algumas atividades fazem com que os pais conheçam mais de seus filhos e vice-versa, tornando o entendimento entre eles melhor no restante do tempo”, explica Cristiane de Figueiredo Teixeira, treinadora desportiva e professora de Educação Física das redes particular e estadual de ensino de São Paulo.
Para que os laços sejam mesmo reforçados é necessário que os pais tenham real vontade de realizar essa aproximação - e vontade significa também dedicar tempo, esforço e criatividade. Mas o resultado vale a pena, pois não só todos se divertem, como a criança se sente motivada e amada.



00a26qys  00a1g88g     00a17db200a1k5k8
Sugestões: 
- Assista com seu filho a um filme bem legal.
- Ande de bicicleta com ele, além de ser uma ótima diversão, ajuda seu filho de uma forma bem divertida a se exercitar.
- Acampe! Pode ser no quintal de casa, junte alguns amiguinhos, monte barracas, conte historias bíblicas a eles.
- Proponha uma atividade edificante ao seu filho, como plantar uma árvore ou construir um brinquedo.
- Faça um piquenique bem gostoso em um parque.
- Brinque com eles, e aqui vão algumas sugestões de brincadeiras que eles vão amar.
Caça ao tesouro: Organizar uma busca por um tesouro que valha a pena (guloseimas podem ser ótimas pedidas!) dentro de casa, ou no quintal do prédio estimula a criança a pensar e é ótimo entretenimento para as férias. Com pistas inteligentes e lógicas, a brincadeira desenvolve o raciocínio sem que pensar torne-se uma tarefa chata.
Corrida de Saco: Também chamada de corrida de canguru, ganha quem chegar mais rápido com os sacos nas pernas. É uma ótima
 idéia para reunir os amigos e faz todos se exercitarem bastante.


Bexiga d’agua: Um ótimo jogo para nossos dias quentes, enche-se varias bexigas com água e formam uma roda, cada um jogo pra um parceiro de jogo, ate que em certa a hora a bexiga estoura e é água pra todo lado.
Cabra cega: Em um pátio ou um ambiente sem obstáculos, pode-se brincar de cabra-cega. Enquanto quem está vendado aprimora a audição, ou outros se espalham em volta do pegador, que por meio da voz tenta encontrá-los
Stop: Dependendo da idade de seus filhos, essa brincadeira vai ser demais, alem de estimular a memória e a rapidez, e um ótimo divertimento em grupo.
- Façam um desenho a quatro mãos retratando um dia de férias que passaram juntos.
Deixe sua criatividade tomar conta das férias de seu(s) filho(s), não deixe de aproveitar essas férias ao máximo.
Fonte: Educar para crescer.


Mais SUGESTÕES........



Filhos – 15 Dicas para as crianças se divertirem nas férias sem viajar

-Faça programas culturais com seu filho. Isso mesmo! Leve seu filho em exposições, aquários, igrejas e para ver lugares importantes na sua cidade. Não é só pegar e leva-lo lá e ficar olhando a exposição. Saiba sobre o local e/ou exposição e/ou acervo antes, leia um pouco e crie formas divertidas de explicar aquilo para o seu filho. Se for algum lugar da sua cidade, pode contar um pouco da história e divertir-se com ele nessas visitas. Na grande maioria dos museus, em geral, possui visita guiada.
-Sessão Cozinha das CriançasPegue receitas que são voltadas para crianças fazer (existe em vários sites). E vamos cozinhar! Eles irão se divertir com isso! Se quiser, pode até incluir coleguinhas! A Sessão Cozinha das Crianças não é apenas para as meninas! Meninos também. Pare com idéias machistas e faça com que todos participem.
-Vá para o clube. As crianças adoram ir para o clube! Piscina, bola, peteca, corre-corre e tudo mais! Fique de olho no seu filho. Passeio no clube é atenção redobrada com a sua segurança. Se for na época de inverno, você pode ir para fazer algumas atividades que não seja piscina.
-Visite os parques ou algum lugar verdeLeve seu filho para um passeio ao ar livre! Há parques interessantes na cidade, inclusive alguns permitem jogar bola, peteca, entre outras brincadeiras. Você também pode montar brincadeiras para fazer com elas no parque! Uma belezura!
-Leve para andar de bicicletaCrianças adoram bicicleta. Procure um local adequado, sem muito trânsito e vá pedalar por aí!
-Leve ao zoológicoNão são todas as cidades que possuem zoológico, mas se a sua possui é uma excelente opção. As crianças reconhecerem de pertinho e identificarem como são na realidade. Isso vale para crianças maiores ou menores. No fim, todas gostam.
-Faça recreação com seus filhos. Sabe aquelas brincadeiras antigas que você adorava quando era criança? Então, junte os coleguinhas de seu filho e faça! Há diversos livros que ensinam inúmeras recreações para se fazer com crianças. Corrida do saco, jogo de mímica, amarelinha, entre outras.
-Faça teatro em sua casaTeatro de fantoches ou então o teatrinho comum. Crie uma história que possa trabalhar alguma questão importante como, por exemplo, o jogar lixo na rua, o desperdício de água, não falar com estranhos. Você vai ver como isso pode ser divertido! Se for muito pequena, o melhor é o teatro de fantoches. É bom para trabalhar timidez, expressão e para que elas se soltem e se divirtam!
-Vá o teatro e/ou ao cinema infantil. Pode ser um programa legal, especialmente teatro que, em geral, as crianças não freqüentam muito por seus pais não levarem. Pela comodidade, muitas vezes, os pais preferem levar ao cinema em shopping. O cinema também é legal, mas não deve ser feito em excesso.
-Sessão cinema em casa. Monte uma sessão cinema em casa com filmes que prendam a atenção da criança. Chame os coleguinhas e divirtam-se com direito a pipoca e suco. Filmes como “Harry Potter”, “Procurando Nemo”, entre outros. Mesmo se elas ficarem entediadas com o filme, irão se divertir até com outra criança. Criança quando se junta com outra, se diverte até fazendo nada!
-Incentive a leitura, mesmo nas férias. A leitura precisa ser algo comum. Por isso mesmo nas férias a criança pode ler! Leve-a para comprar um livro que ela escolha em uma livraria. Mostre os estantes que são infantis e deixe que ela escolha algum do interesse dela. Uma boa dica para as crianças maiores é o livro “Harry Potter”. Elas adoram.
"Grande é a poesia, a bondade e as danças. Mas o melhor do mundo são as crianças."
-Jogue jogos bacanas. Isso mesmo. Há diversos jogos inteligentes e voltados para as crianças. Jogo de tabuleiro, de mímica, entre outros, mas não incentive a competição por si só. Mostre que o que importa é competir e não ganhar.
-Receba os coleguinhas ou familiares pequeninos de seu filho na sua casa. Crianças adoram passar um período longo com outra criança. Elas criam suas próprias brincadeiras, conversam e se divertem juntas. Não esqueça de designar tempos específicos para as coisas. Como assim? Se elas forem ver televisão, vídeos e jogos eletrônicos, não as deixe mais que três horas, advertem diversos especialistas.
-Faça um piquenique. Isso pode ser muito divertido e criativo. Descubra um local que ela esteja em contato com a natureza. Você pode fazer brincadeiras que trabalhem todos os sentidos, inclusive o paladar com uma brincadeira de adivinhar o sabor de algum alimento, por exemplo.
-Leve a criança para visitar os parentes. É importante que a criança esteja em contato com outras pessoas da família. Os avôs, avós, tios, tias (entre outros), irão adorar a sua visita e para ela poderá ser super divertido, especialmente se tiver outras crianças.


BOAS FÉRIAS!!!!!!!!!!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Fique a vontade.Compartilhe sua opinião!
Gosto de trocar e somar ideias.
Obrigada pela visita!
Um abraço, Rosangela

RESULTADO EM AÇÂO!



csp6961069

Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens,
pais e professores são a bússola para o caminho de
descobertas e aprendizagens significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)

"Somos diferentes, mas não queremos ser transformados em desiguais. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

(Peça de teatro: Vozes da Consciência,BH)

MotivAÇÃO FAZ BEM!

Hoje Acordei Para Vencer! A automensagem positiva logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer sua autoconfiança e, pensando positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos. Não deixe que nada afete seu estado de espírito. envolva-se pela música, cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo. ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. O bom humor é contagiante: espalhe-o. Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar. Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas e vazias. Cultive seu interior, extraia o máximo das pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas. Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da "missão cumprida". Lembre-se: nem todos têm a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas. Veja o lado positivo das coisas e assim você tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. Idealize um modelo de competência e faça sua auto-avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu tempo. Só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. Tire proveito de seus problemas e não se deixe abater por eles. Tenha fé e energia, acredite: Você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e feliz para permitir a presença de momentos infelizes. Não viva só para seu trabalho. Tenha outras atividades paralelas como: esportes, leitura... cultive amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. Finalmente, ria das coisas a sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida: "A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo". (Autor desconhecido)

Dicas de FAZER o BEM faz BEM!

“Ninguém e nada cresce sozinho. Sempre é preciso um olhar de apoio. Uma palavra de incentivo. Um gesto de compreensão. Uma atitude de segurança. Devemos, assim, sermos gratos. Aos que nos ajudaram a crescer. E termos o propósito de não parar. E não passar em vão pela vida”. (autor desconhecido)

Aprender no Coletivo!

"Quanto mais rica

a experiência humana,

tanto maior será

o material disponível

para a imaginação e

a criatividade".

(Lev S. Vygostsky)


Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e experiências
significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)


ATENDIMENTO PSICOPEDAGOGICO


Sou participante em...

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Salmo 16:8 -
(Com ELE, nos FORTALECEMOS!)

Selinhos Amigos e Parceiros neste BLOG! OBRIGADA!