sábado, 23 de março de 2013

Criatividade com ARTERAPIA

Atualmente, estamos seduzidos pelos atrativos tecnológicos adquiridos para o lazer doméstico, encantando os adultos e “hipnotizando” as crianças; estas, por sua vez, adotam esses “brinquedinhos eletrônicos” como sendo, muitas vezes, a única alternativa de divertimento, que as fazem alterar sua forma de brincar através de jogos eletrônicos, computadores, ipad, entre outros, sem precisar exercitar sua capacidade criativa. Assim, com o passar dos anos a criatividade acaba sendo inibida e, às vezes, não reconhecida pelo sujeito.

Nos mais variados momentos da vida, precisamos fazer uso da nossa capacidade criativa, seja na infância para criar a melhor forma de brincar ou na fase adulta para buscar soluções aos mais variados problemas que surgem no cotidiano.
A arteterapia, apoiada nas suas mais variadas possibilidades do fazer criativo, implica ser libertadora, transformadora. 
No decorrer de oficinas arte-terapêuticas realizadas por especialistas  com crianças nas escolas, foi comprovado que  a arteterapia na prática  propicia o desenvolvimento da criatividade e favorece o “[...] autoconhecimento, percepção, aumento da autoestima, liberação de emoções, entendimento de problemas e transformação pessoal”. (FINIMUNDI, 2008, p. 28).
Nos primeiros contatos, observava-se  que nas oficinas arte-terapêuticas era comum ouvir dos alunos: “eu não sei fazer isso!”, “eu não consigo!”. O desafio dos arteterapeutas era de mostrar a eles de que “Sim! Que ELES  conseguiriam!”, que o fruto da criatividade deles era único e pessoal, e que iriam realizar de acordo com a própria capacidade. Reforçavam o combinado: o resultado da produção não visava  agradar ao outro, colega ou a professora; o objetivo único era criar, se permitir criar, dar asas a imaginação, como na Aquarela de Toquinho:
Alguns davam uma “espiadinha” na produção do colega, como forma de tentar copiar a ideia, achando-se, em um primeiro momento, incapaz de produzir sozinho, um efeito do comodismo que temos em receber as informações prontas. É mais fácil conhecer uma história assistindo ao filme do que ler o livro, não é mesmo?

Percebeu-se que  no momento em que os alunos se depara- vam com suas próprias criações, eles  se sentiam mais seguros e capazes de realizações. 

Era notável a evolução nos trabalhos, a utilização e a escolha das cores, a firmeza dos traços, os mais variados símbolos que emergiam e, ao final de cada criação, a conclusão de que criar era prazeroso e também divertido. 




Por fim, senhores pais e professores, o segredo é estimular, incentivar e elogiar, pois é justamente através da liberação do potencial criativo, de sua expressão e da reflexão acerca de suas próprias produções que se constrói o caminho da autodescoberta e da autorrealização do sujeito. (COUTINHO, 2007).

Fonte:
Adaptação do texto de Vanessa Coutinho (2007, p. 38)

3 comentários :

  1. Boa tarde minha querida Rosangela, desculpe esta fazendo a visita com um recadinho pronto, estava muito prejudicada com a tendinite e estou evitando digitar, mesmo estando bem melhor, graças a Deus.
    É preciso ter força e coragem para seguir em frente e este tem sido o meu lema. Como diz Renato Russo: “Quando tudo nos parece dar errado, acontecem coisas boas, que não teriam acontecido, se tudo tivesse dado certo”. Por isso mesmo estou aqui, com o recadinho colado, mas o importante é que lembrei de você e passei para te desejar muita luz no teu caminho nesta semana Santa, que inicia.
    Que o amor de Jesus encha os nossos corações de paz e amor ao próximo.
    Abraços, uma linda tarde.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você, na minha época as crianças brincavam, iam a rua jogavam bola, hoje elas se prendem em computadores, acabam por acessar coisas que deveriam conhecer na fase adulta, e o que é pior, entram em contato com redes sociais e acabam em mãos muitas vezes pedófilos.

    Nós pais precisamos rever nossos conceitos.

    Uma semana iluminada pra você!
    Abraços
    Thiago - Trocyn Bão

    ResponderExcluir
  3. Excelente artículo, un placer descubrir tu sitos!
    Abrazos infinitos.

    ResponderExcluir

Fique a vontade.Compartilhe sua opinião!
Gosto de trocar e somar ideias.
Obrigada pela visita!
Um abraço, Rosangela

RESULTADO EM AÇÂO!



csp6961069

Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens,
pais e professores são a bússola para o caminho de
descobertas e aprendizagens significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)

"Somos diferentes, mas não queremos ser transformados em desiguais. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

(Peça de teatro: Vozes da Consciência,BH)

MotivAÇÃO FAZ BEM!

Hoje Acordei Para Vencer! A automensagem positiva logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer sua autoconfiança e, pensando positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos. Não deixe que nada afete seu estado de espírito. envolva-se pela música, cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo. ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. O bom humor é contagiante: espalhe-o. Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar. Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas e vazias. Cultive seu interior, extraia o máximo das pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas. Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da "missão cumprida". Lembre-se: nem todos têm a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas. Veja o lado positivo das coisas e assim você tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. Idealize um modelo de competência e faça sua auto-avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu tempo. Só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. Tire proveito de seus problemas e não se deixe abater por eles. Tenha fé e energia, acredite: Você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e feliz para permitir a presença de momentos infelizes. Não viva só para seu trabalho. Tenha outras atividades paralelas como: esportes, leitura... cultive amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. Finalmente, ria das coisas a sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida: "A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo". (Autor desconhecido)

Dicas de FAZER o BEM faz BEM!

“Ninguém e nada cresce sozinho. Sempre é preciso um olhar de apoio. Uma palavra de incentivo. Um gesto de compreensão. Uma atitude de segurança. Devemos, assim, sermos gratos. Aos que nos ajudaram a crescer. E termos o propósito de não parar. E não passar em vão pela vida”. (autor desconhecido)

Aprender no Coletivo!

"Quanto mais rica

a experiência humana,

tanto maior será

o material disponível

para a imaginação e

a criatividade".

(Lev S. Vygostsky)


Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e experiências
significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)


ATENDIMENTO PSICOPEDAGOGICO


Sou participante em...

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Salmo 16:8 -
(Com ELE, nos FORTALECEMOS!)

Selinhos Amigos e Parceiros neste BLOG! OBRIGADA!