sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Dobradura/Recurso Psicopedagógico

Glitter Photos
Nos atendimentos que realizo com os aprendizes com o tema dobraduras é um encanto.
Todos querem fazer e escolher seus personagens, seus cenários. Percebo que:
Crianças mais retraídas se encorajam e se mostram.
Crianças agitadas se empolgam e se concentram.
Utilizam recursos diversos que requerem o ato de planejar, escolher materiais, organizar, recortar, dobrar e projetar seu imaginário,sua subjetividade e seu produto final.
Todas juntas, em sua particularidade e no coletivo realizam suas dobraduras com prazer e envolvimento significativo.
Sugiro este recurso para ampliar um leque de possibilidades e tentativas de erros e acertos na aprendizagem com nossas crianças, jovens e adultos.
(Rosangela Vali)

Dobradura como Recurso Psicopedagógico
Na trajetória da História, a Arte de dobrar papel teve personagens na Educação que descobriram, nas dobras de papel, o caminho para o processo do ensino aprendizagem mais pleno e prazeroso. O ilustre pintor Leonardo da Vinci (1452-1519) fez grandes descobertas na Matemática, ao utilizar, como processo, as dobras nos estudos da geometria e do aerodinamismo, dobrando quadrados para a obtenção de retângulo, de pentágono, de hexágono etc.
Para obtenção da atenção das crianças nos filmes infantis, o autor Lewis Carroll (1832-1898) de Alice no país das Maravilhas, usou as dobras com magia, divertindo as crianças. Foi uma experiência inovadora para a produção de filmes na época.
Na sociedade europeia, tendo em vista sua tradição na Arte de fazer origami, em meados do século XVIII, na área da Pedagogia, encontra-se o admirável pedagogo alemão Friedrich Frobel (1783-1852) que, com sua dedicação aos estudos, obteve resultados satisfatórios no sistema de ensino vigente na época ao integrar o processo de dobrar papel em suas pesquisas com crianças nas escolas, colaborando para o desenvolvimento cognitivo e para a coordenação motora fina.
Os grandes mestres de Origami, como Kunihiko Kasahara, afirmam que quem fizer uma dobradura firme e bela será uma pessoa respeitável, de confiança e de disciplina.
Dobrar o papel é um ato extremamente simples e este movimento, na realidade, nos fornece prazer, alegria e sabedoria.

Um comentário :

Fique a vontade.Compartilhe sua opinião!
Gosto de trocar e somar ideias.
Obrigada pela visita!
Um abraço, Rosangela

RESULTADO EM AÇÂO!



csp6961069

Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens,
pais e professores são a bússola para o caminho de
descobertas e aprendizagens significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)

"Somos diferentes, mas não queremos ser transformados em desiguais. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

(Peça de teatro: Vozes da Consciência,BH)

MotivAÇÃO FAZ BEM!

Hoje Acordei Para Vencer! A automensagem positiva logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer sua autoconfiança e, pensando positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos. Não deixe que nada afete seu estado de espírito. envolva-se pela música, cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo. ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. O bom humor é contagiante: espalhe-o. Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar. Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas e vazias. Cultive seu interior, extraia o máximo das pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas. Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da "missão cumprida". Lembre-se: nem todos têm a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas. Veja o lado positivo das coisas e assim você tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. Idealize um modelo de competência e faça sua auto-avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu tempo. Só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. Tire proveito de seus problemas e não se deixe abater por eles. Tenha fé e energia, acredite: Você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e feliz para permitir a presença de momentos infelizes. Não viva só para seu trabalho. Tenha outras atividades paralelas como: esportes, leitura... cultive amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. Finalmente, ria das coisas a sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida: "A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo". (Autor desconhecido)

Dicas de FAZER o BEM faz BEM!

“Ninguém e nada cresce sozinho. Sempre é preciso um olhar de apoio. Uma palavra de incentivo. Um gesto de compreensão. Uma atitude de segurança. Devemos, assim, sermos gratos. Aos que nos ajudaram a crescer. E termos o propósito de não parar. E não passar em vão pela vida”. (autor desconhecido)

Aprender no Coletivo!

"Quanto mais rica

a experiência humana,

tanto maior será

o material disponível

para a imaginação e

a criatividade".

(Lev S. Vygostsky)


Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e experiências
significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)


ATENDIMENTO PSICOPEDAGOGICO


Sou participante em...

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Salmo 16:8 -
(Com ELE, nos FORTALECEMOS!)

Selinhos Amigos e Parceiros neste BLOG! OBRIGADA!