segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Sinais de Crianças Índigo - Características

Ontem ao ver as reportagens de Claire no programa do Fantástico e do menino Diogo no programa da Eliana me reportei ao mundo das crianças índigo.

Trazem algo a mais, são especialistas em determinadas áreas do conhecimento desde que nascem.

As crianças índigo apresentariam uma série de atributos sensoriais recorrentes, como a hipersensibilidade auditiva ou a hipersensibilidade tátil. De igual modo, apresentariam um padrão de comportamento peculiar, destacando-se:

-Chegam ao mundo com sentimento de realeza e a curto tempo se comportam como tal.

-Têm a sensação de ter uma tarefa específica no mundo, e se surpreendem quando os outros não a partilham;

-Custa-lhes aceitar a autoridade que não oferece explicação nem alternativa.
-Sentem-se frustrados com os sistemas ritualistas que não requerem um pensamento criativo.
-A curto tempo encontram formas melhores de fazer as coisas, tanto em casa como na escola.
-Não reagem pela disciplina da culpa.
-Não são tímidos para manifestar as suas necessidades.

Acompanhe o que fazem estas crianças tão simplesmente CRIANÇAS ESPECIAIS...e quem sabe exemplos de crianças ÍNDIGOS.

DIOGO


Um menino de apenas 1 ano e 11 meses é o responsável por mais de um milhão de acessos no YouTube. O pequeno Diogo surpreendeu o mundo todo cantando com o seu pai, Diego Mello, bancário de 32 anos, a canção dos Beatles "Don't let me down".
O pai do menino afirmou que não esperava tamanho sucesso. Ele fez a gravação na última terça-feira (28), começou a divulgar na quinta (30) e, em apenas seis dias, até a imprensa internacional elogiou a capacidade de Diogo.
O tabloide inglês "Daily Mail" chamou o vídeo de "adorável".Já o site dos EUA "Paste" reproduziu a gravação, anunciando : "Fofura a seguir". O ator americano de "500 dias com ela" e "A Origem" , Joseph Gordon-Levitt, compartilhou o vídeo em seu Facebook e escreveu: "Melhor cover de Beatles que eu já vi".
Diego Mello contou que o filho também interpreta as músicas "Hey jude", "Yesterday", "All my loving" e "Get back" dos Beatles. Agora, o pai quer que Paul McCartney conheça o vídeo.

CLAIRE!
Claire com os pais e a irmã (Foto: Reprodução / YouTube)

No vídeo, é possível reparar que ela está fazendo gestos diferentes dos coleguinhas. Gestos que não são uma dança, são um jeito de falar. A única forma de os pais da garotinha entenderem o que ela está cantando.

"Meus pais são surdos. Aí eu decidi cantar e fazer a tradução ao mesmo tempo", conta a menina Claire Koch.

O Fantástico foi até a casa da Claire, na Flórida, para conhecer as pessoas que não aparecem no vídeo: a família Koch. A mãe, Lori, o pai, Thomas, e a irmãzinha Charlot, de dois anos.

O Fantástico convidou uma tradutora para conversar com os pais da menina. O pai Thomas diz que o gesto da Claire foi muito inspirador e o deixou muito orgulhoso.

Claire aprendeu inglês e a linguagem dos sinais ao mesmo tempo, desde bebê. Mesmo tão novinha, ela impressiona pelos movimentos com as mãos coordenados com a fala. Para a mãe, a filha foi muito divertida!

A Claire fez careta, mostrou a língua e revirou os olhinhos. "Ela realmente ajudou a gente a acompanhar o show", conta a mãe.
As crianças ensaiaram durante três semanas. E nesse tempo todo, a Claire não usou a linguagem dos sinais na sala de aula nenhuma vez. Foi uma grande surpresa pra todo mundo. Aliás, uma bela surpresa.
A professora de música Megan Lance diz que ficou impressionada. "Foi muito bonitinho a Claire se preocupar com os pais. Havia um intérprete pra eles naquele dia. Mas ela decidiu fazer a tradução sozinha", conta.
A Claire fez os gestos olhando para os pais, que publicaram as imagens na internet. O vídeo já teve mais de 6,5 milhões de acessos.
Quem conhece a Claire sabe como ela é esperta. A brasileira Nara, professora do jardim de infância, ensinou algumas palavras em português pra ela.
"A linguagem básica dos sinais eu ajudei a ensinar. Mas rapidinho ela me superou. Eu fazia alguma coisa errada e ela dizia: 'miss Nara, não é assim'", conta Nara Mcilhargey.
Em casa, a Claire mostra que tem mesmo talento. A decoração de Natal ganhou uma casinha de biscoito feita por ela.
"O recheio é de glacê. Mas eu não vou comer essa parte de dentro porque é o recheio de leite que segura as paredes", destaca.
O pai conta que uma pessoa perguntou para Claire o que é mais importante pra ela nesta época do ano. E ela disse: 'ficar com a família'. Nada de doces ou presentes.
"É uma resposta incrível. Ela falou aquilo o que todo mundo deveria estar pensando", diz Thomas.

2 comentários :

  1. "Oi , vi seu blog na lista do blog "Agenda dos blogs" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também"
    http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. "Oi rosangela, vi seu blog no "Agenda dos blogs" vim conhecer e já estou te seguindo , vem conhecer o meu e se gostar me siga também. gostei dessa postagem.interessante.
    http://pontocruzdapri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Fique a vontade.Compartilhe sua opinião!
Gosto de trocar e somar ideias.
Obrigada pela visita!
Um abraço, Rosangela

RESULTADO EM AÇÂO!



csp6961069

Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens,
pais e professores são a bússola para o caminho de
descobertas e aprendizagens significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)

"Somos diferentes, mas não queremos ser transformados em desiguais. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

(Peça de teatro: Vozes da Consciência,BH)

MotivAÇÃO FAZ BEM!

Hoje Acordei Para Vencer! A automensagem positiva logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer sua autoconfiança e, pensando positivo, você reunirá forças para vencer os obstáculos. Não deixe que nada afete seu estado de espírito. envolva-se pela música, cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo. ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. O bom humor é contagiante: espalhe-o. Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar. Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si. Não viva emoções mornas e vazias. Cultive seu interior, extraia o máximo das pequenas coisas. Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas. Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da "missão cumprida". Lembre-se: nem todos têm a mesma oportunidade. Pense no melhor, trabalhe pelo melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas. Veja o lado positivo das coisas e assim você tornará seu otimismo uma realidade. Não inveje. Admire! Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. Idealize um modelo de competência e faça sua auto-avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu tempo. Só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. Tire proveito de seus problemas e não se deixe abater por eles. Tenha fé e energia, acredite: Você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para os aborrecimentos, pobre para a raiva, forte para vencer o medo e feliz para permitir a presença de momentos infelizes. Não viva só para seu trabalho. Tenha outras atividades paralelas como: esportes, leitura... cultive amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. Finalmente, ria das coisas a sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida: "A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo". (Autor desconhecido)

Dicas de FAZER o BEM faz BEM!

“Ninguém e nada cresce sozinho. Sempre é preciso um olhar de apoio. Uma palavra de incentivo. Um gesto de compreensão. Uma atitude de segurança. Devemos, assim, sermos gratos. Aos que nos ajudaram a crescer. E termos o propósito de não parar. E não passar em vão pela vida”. (autor desconhecido)

Aprender no Coletivo!

"Quanto mais rica

a experiência humana,

tanto maior será

o material disponível

para a imaginação e

a criatividade".

(Lev S. Vygostsky)


Na aventura de aprender de nossas crianças e jovens, pais e professores são a bússola para o caminho de descobertas e experiências
significativas e felizes.
(Rosangela Vali - Pedagoga e Psicopedagoga)


ATENDIMENTO PSICOPEDAGOGICO


Sou participante em...

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Salmo 16:8 -
(Com ELE, nos FORTALECEMOS!)

Selinhos Amigos e Parceiros neste BLOG! OBRIGADA!